Topo

Notícias

Líder do Governo esclarece opção de Cid Gomes concluir mandato

09/Abril/2014
Increase_font Decrease_font

Permanência do governador não tem relação com decisão de Domingos Filho, afirma Sarto.

O líder do Governo na Assembleia, deputado José Sarto (Pros), afirmou na sessão plenária desta quarta-feira (09) que a permanência do governador Cid Gomes no Governo do Estado não tem vínculo com qualquer decisão tomada pelo vice-governador Domingos Filho, e que a relação entre os dois é harmoniosa.

“Querer atribuir que o governador não queria se desincompatibilizar por conflito com o vice Domingos Filho, que o governador não saiu para não deixar o Domingos assumir, tudo isso é uma fábrica de tese. Ele não saiu porque não tinha nenhuma razão política nem objetiva para fazê-lo, já que não era candidato a nenhum cargo assim como o Ciro também não”, disse.

Segundo Sarto, o governador deixou claro desde sua reeleição que ficaria no cargo até o final de seu mandato, e só admitiu a possibilidade de renunciar quando seu irmão, o secretário da Saúde do Estado, Ciro Gomes, foi cotado como possível pré-candidato ao Senado Federal – já que a legislação eleitoral vedaria essa candidatura devido ao parentesco.

“Em nenhum momento o governador admitiu a possibilidade de deixar o Governo, a não ser nestas duas últimas semanas quando companheiros do Pros levantaram a possibilidade da candidatura do Ciro ao Senado, e a legislação impedia que o Ciro fosse candidato se o Cid estivesse no cargo”, salientou o líder do Governo.

Com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa.