Topo

Notícias

Cid Gomes nomeia 1.000 professores e recebe pauta de demandas do Sindicato Apeoc

28/Março/2014
Increase_font Decrease_font

Líder do Governo deputado Dr. Sarto intermediou reunião entre governador e representantes do magistério no Estado


O governador Cid Gomes anunicou nesta sexta-feira (28) a nomeação de mais 1.000 professores para a rede pública estadual, durante reunião com representantes do Sindicato Apeoc, no Palácio da Abolição. Durante o encontro, que contou com a intermediação do líder do Governo, deputado Dr. Sarto (Pros), o chefe do Executivo estadual recebeu uma pauta de demandas da categoria. 

De acordo com dados do Apeoc, de 2011 a 2014 foram consideráveis os ganhos salariais da categoria. No período, os ganhos dos doutores chegou a 87%; entre os professores com graduação, 84%; dos mestres 64%; dos professores com especialização, 62% e os professores temporários tiveram evolução de ganho de 58%. Atualmente, a média salarial para o professor iniciante chega a R$ 2.546,00 sendo o segundo maior do Nordeste.

Na pauta da entidade estão a regulamentação do 1/3 da carga horária do magistério para atividades extraclasse, publicação de processos de estabilidade, concessão de vale-alimentação para os professores temporários com 40 horas, implantação de uma Lei Estadual de aplicação dos Royalties do Pré-Sal e correção do PVR-Fundeb.

Cid Gomes assegurou que todos os processos estão sendo autorizados e publicados e que a Procuradoria Geral do Estado  (PGE) está em fase de conclusão da regulamentação do 1/3 extraclasse e a concessão do vale-alimentação para professores temporários, o processo está sendo concluído pela

O governador também aprovou a sugestão da Lei dos Royalties, e sugeriu que governadores, prefeitos, professores se juntassem na concretização da Lei Federal que se encontra no Supremo Tribunal Federal (STF). Sobre a correção do PVR-Fundeb, o chefe do executivo cearense informou que se reunirá com a secretária da Educação, Izolda Cela, na próxima segunda-feira (31), para acompanhar o andamento da questão.

Além do líder do Governo, também estiveram na audiência o líder a deputada estadual Raquel Marques (PT), e o deputado federal Artur Bruno (PT).

Com informações e fotos da Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil